14 de junho de 2011

Preocupações e novas readequações

O tempo passa rápido e ao mesmo tempo lentamente. É esta a sensação de quando estamos correndo contra o tempo fazendo um mundo de coisas paralelamente. Achamos que o tempo está passando devagar demais, mas quando olhamos pra trás, nem acreditamos no tanto que fizemos. É assim que as coisas caminham pra muitos dos sonhadores e aspirantes à imigração!

O semestre está acabando, as horas de francês e inglês quase que dobraram devido aos intensivos, minha pós felizmente está chegando ao fim, e o tempo fica cada vez mais curto pra conciliar tudo. Estou indo bem no inglês, e acho que conseguirei terminá-lo sem problemas no fim do ano como eu esperava. Já com o francês, infelizmente não gostei deste semestre que passou. Não vou dizer que o problema foi meu, ou do método, ou do professor, pois é injusto julgar neste caso apesar dos pesares, mas sei que estou muito perdido para manter-me em um método intensivo semestral de francês daqui pra frente. Este foi um dos níveis mais importantes e difíceis da AF, e acabei não entendendo o necessário para ter um bom desempenho e continuar evoluindo a língua rapidamente em um curso intensivo semestral. Ainda não realizei as provas finais, e mesmo imaginando que irei passar de toda forma, não estou tranquilo comigo mesmo com relação ao real conhecimento do que aprendi neste semestre.

Sendo assim, novas adequações irão ocorrer... Deixarei de fazer aulas de segunda a quinta na AF, e irei retornar ao curso regular de 2x na semana. Para ocupar os dois dias vagos que irei deixar, farei um curso de francês voltado para conversação, também 2x na semana. Essa foi a forma que encontrei de revisar e rever tudo, melhorar minha capacidade de conversação e escrita. Terei as mesmas horas esperadas no fim das contas visando o processo, e espero que seja a melhor escolha, tanto para desenvolvimento da língua pessoalmente, quanto para a imigração em si e o processo.

E de toda forma, como ainda teremos bastante tempo pela frente, posso tomar um rumo focando na qualidade da língua, e não nas horas de francês cursadas, que acho que no fim das contas é o que mais importa.

No mais, é interessante acompanhar os processos de amigos blogueiros. Alguns deles chegaram na terrinha quando iniciamos o blog, alguns deram entrada no processo também na mesma época, alguns deles estão recebendo vistos, outros pedidos de exames, outros CSQ pelos correios (show Lídia e Rafa!!). Novamente caimos na realidade do tempo. Muita coisa acontece que nem nos damos conta, mas ficamos felizes que no fim das contas, tudo termina bem pra todo mundo!

Vamos em frente então!

6 comentários:

  1. Exatamente Felipe,
    Foque na QUALIDADE dessas aulas.
    Eu e meu esposo estávamos assim e particularmente para nós não compensava então começamos aulas particulares e além de horas acho que ganhamos qualidade e finalmente ontem demos entrada nos docs.

    Enfim, cabeça fria e vai devagar senão quebra amigo, falo por experienciua própria, estamos vivendo as mesmas coisas.

    Sucesso pra vcs!

    ResponderExcluir
  2. Podem se preparar porque logo, logo estarão chegando por aqui.

    E a vida segue...

    ResponderExcluir
  3. Admiro muito a determinação e esforço de vcs!!!

    ResponderExcluir
  4. Oi, Filipe!
    Essa sensação não é só sua, acredite. O tempo parece conseguir fazer coisas incríveis com nossa cabeça e com nossa percepção da realidade...
    Achei interessante essa sua mudança de estratégia quando ao francês. Como sou estudante da AF há 8 semestres posso falar com propriedade: o método deles é muito formal.
    Como você disse, não é necessariamente bom nem ruim: depende.
    É bom aprender francês direitinho, com todas as regrinhas, de maneira certinha, metódica e blablabla, mas AO MESMO TEMPO é muito interessante poder combinar com isso um método tipo o da Natural Languages, focando também em conversação e desenvoltura.
    Acho que tem tudo pra dar certo! ;)
    Abraços,
    Lídia.

    ResponderExcluir
  5. E ae, Filipe!
    É isso aê, cara, tem que se adaptar à medida que as coisas vão acontecendo. Acho que você tá certíssimo em mudar a forma como tava estudando francês se sentiu o rendimento diminuir. Eu também tô pra tomar uma decisão em relação ao francês, tô ponderando as opções hehehe

    Abraço e boa sorte nos estudos!
    Doug

    http://jornadaparaonorte.blogspot.com

    ResponderExcluir
  6. Em frente com garra e fé. Sempre.

    E a vida segue...

    ResponderExcluir

Obrigado por me acompanhar! :)

Gadget

Este conteúdo ainda não está disponível por conexões criptografadas.

Gadget

Este conteúdo ainda não está disponível por conexões criptografadas.

Gadget

Este conteúdo ainda não está disponível por conexões criptografadas.