21 de fevereiro de 2011

Brasil, brasileiro... Passaportes

Fomos hoje pela manhã no Na Hora da Rodoviária, lugar onde você tirar vários tipos de documentos e certidões, em tese na hora, em Brasília para levarmos a documentação e GRU paga para emissão de passaporte. Mas comecemos pelo início...

Semana retrasada entrei no site da PF para requerer passaporte para os dois, preenchi todos os dados, bonitinho... emiti a GRU, pagamos ambas as GRU, ótimo. Entramos no link de agendamento para apresentar os documentos, levar a GRU, colher as digitais e bater as fotos pessoalmente, no Na Hora. Nisto, estava lendo o post "A novela do passaporte" da Vivi do @frozenburguers, e ela citava esta mesma canseira que estou a lhes citar... E ela tinha dito que haviam apenas vagas para marcar o agendamento do passaporte apenas para final de Abril e Maio, me assustei. Então entrei no link de agendamento, e fiquei ainda mais surpreso quando haviam vagas para a semana seguinte, em todos os horários, ou mesmo para qualquer dia de Fevereiro. Pensei... quando a esmola é demais, o santo desconfia... Assim mesmo, marquei na data já que estava livre pra mim e pra Amanda.

Como nem tudo estava as mil maravilhas... Da listagem de documentação necessária para solicitar o passaporte, eu não possuia devido a extravio a CDI (dispensa militar), que é obrigatória para os homens, e o Título de Eleitor. Então duas semanas antes de entrar no site da PF, fui na Junta Militar, paguei as taxas para emissão de 2ª via do documento, chegou o dia de buscar o documento e fui informado que o Comandante não o havia  assinado e que teria que esperar mais 1 semana ou 2. Meu Título consegui gerar em pouco menos de 15 minutos, sem problemas. Meu agendamento do passaporte estava previsto para exatas 2 semanas antes disso. Fui na cara e na coragem, levando apenas o protocolo da Junta mostrando que eu havia solicitado a 2ª via, e a cópia da primeira via que eu já possuia.

Enfim, no Na Hora, esperamos a senha de atendimento (exato: esperamos senha de atendimento mesmo tendo horário agendado) chegou minha vez e fui atendido logo por quem? Pelo chefe da PF responsável pelo setor de emissão de passaportes. Beleza... Fui apresentando todos os documentos, um por um, certinho... Chegou na CDI, quando saquei a cópia, o gentil rapaz disse "não aceitamos a cópia, só original", "a legislação é clara e você precisa trazer todos os documentos originais", "retorne quando tiver a nova via em mãos". Só me faltou bater continência e dizer "Sim Senhor fdp". Peguei meus documentos... puto... Fui na mesa onde a Amanda estava também passando pela malha fina dos documentos, e o dela passou sem muitos problemas. E ai ela me perguntou, "conseguiu?", e eu disse "não...". Os atendentes me olharam e perguntaram "O que houve?", citei toda essa canseira da CDI. Aí um senhor (um dos atendentes) disse, bastava trazer o protocolo de emissão do documento emitido pela Junta que não tinha problema, então eu já com este protocolo em mãos disse "É esse daqui?". O senhor ficou surpreso por eu ter sido negado, visto que o protocolo só é emitido se eu estou em dia com o serviço militar, e citou que quem me atendeu era o chefe do setor, e deixou no ar que o "gentil rapaz" quer mostrar trabalho e embarreira tudo. Sem contar no sapo que este mesmo rapaz pagou para uma moça com as filhas menores que estavam solicitando o passaporte, também por conta da documentação... Gentileza é realmente a palavra chave para descrever as bonitas e doces palavras dele...

Beleza, este senhor me pediu para que sentasse em seu guichê, solicitou toda a documentação novamente, viu que estava tudo correto, colheu minhas digitais, foto, e pronto. São poucas as vezes que vemos boa vontade no serviço público, e a deste senhor foi um diferencial, principalmente no meu caso. Só espero que isso não venha a prejudicá-lo com seu excelentíssimo chefe...

Assim que tivermos o passaporte em mãos, já iniciamos a segunda e terceira etapa da novela, saga ou cruzada, como quiserem, para emitir os vistos americano e canadense.

Temos a viagem marcada e passagens compradas para Dezembro para conhecermos o lugar onde pretendemos morar daqui a pouco. Só espero que os prazos de vistos americano e canadense não passem de novembro, ou estaremos enrolados, e com um prejuízo de doer no coração...

Quem disse que ia ser fácil?

17 de fevereiro de 2011

Toronto Babel

Olá meu povo!

Tenho algumas coisas pra dizer a respeito dos avanços quanto ao inglês, mas ficará para o próximo post. Isto apenas elenca o tema deste post. Coloquei pra tocar alguns podcasts do programa Metro Morning da CBC durante o trabalho, só para ter inglês entrando o dia todo pelo ouvido, por mais que eu não entenda e não preste atenção em nada... (este também é assunto para o próximo post...)

Enfim, em alguns momentos eu pesco situações e palavras, e durante a escuta eu pesco sem prestar atenção "...language exchange..." e "...portuguese in toronto...", ai comecei a prestar atenção no que estava sendo dito, e falava sobre o grupo Toronto Babel, que é basicamente um meio de reunir pessoas de várias nacionalidades em Toronto, toda quarta-feira em endereço fixo, para conversar e treinar a fala em diferentes línguas para fins de aprendizado, e claro, de graça. A organizadora do grupo estuda e tenta conversar nos encontros em português brasileiro, além de vários outros tipos de línguas faladas nos encontros.

É uma idéia show de bola, mas que creio que dê certo somente em cidades que realmente tenham uma diversidade de nacionalidades como ocorrem nas cidades do Canadá e de alguns outros países que recepcionam imigrantes.

Imagine se rolasse isso ativamente aqui em Brasília...

Enfim, fica a dica para o pessoal de Toronto!

9 de fevereiro de 2011

Brasileiro feliz na neve...

Oi!

Estou lendo em passos de tartaruga o livro Bye Bye Brasil da Anna Francesca Cavalcanti Araujo, e estou achando bacana, apesar de já ser bastante antigo comparado com as mudanças de imigração dos dias de hoje.

Neste livro, ela cita uma história engraçada, na qual fiz algumas poucas adequações, para alguns refletirem com relação a um dos pontos negativos (ou positivos, se preferir) da imigração. O inverno e a neve. Veja:

-- EDITADO -- Desculpem pelas palavras não recomendadas para menores de 18 anos. Não fui eu que escrevi. rs..

Diário de um brasileiro feliz no Canadá...
AGOSTO, 12

Hoje me mudei para minha nova casa em Québec. Que paz!!! Tudo aqui é tão lindo. As montanhas são tão majestosas... Mal posso esperar para vê-las cobertas de neve... não vejo a hora. Que bom deixar para trás o calor, a umidade, o tráfego, a violência, a poluição, aquela loucura que é São Paulo... Isto sim é que é vida!!!

OUTUBRO, 16
Québec é o lugar mais bonito que eu já vi na minha vida. As folhas passaram por todos os tons de cor entre o vermelho e o laranja. Que bom ter as 4 estações bem definidas. Saímos a passear pelos bosques, e pela primeira vez, vi um cervo. Que lindo!!! São tão ágeis, tão elegantes, é um dos animais mais vistosos que jamais vi. Isto aqui deve ser o paraíso. Espero que neve logo. Não vejo a hora de ver tudo isto coberto de branco. Isto, sim, é vida!!!

NOVEMBRO, 11
Em breve começará a temporada de caça aos cervos. Descobri isto hoje... Não posso imaginar como alguém pode matar uma dessas criaturinhas de Deus só por esporte, pelo prazer de atirar... Fiquei emocionado. Mas, enfim, chegou o inverno, friozinho gostoso, o homem do tempo diz que daqui a 20 dias começa a nevar... Que chocante! Isto aqui é maravilhoso!

DEZEMBRO, 2
Ontem à noite finalmente nevou. Despertei e encontrei tudo coberto de uma camada branca. Parece um cartão postal... uma foto. Saí a tirar a neve dos degraus e a passar a pá na entrada. Rolei na neve e logo tive uma baralha de bolas de neve com vizinhos, daquelas que a gente vê nos filmes (yeah!). Aí a niveladora passou e tive que voltar a passar a pá, pois a neve da rua veio pro meu jardim. Que bonita a neve! Parece bolas de algodão espalhadas por todos os lados. O lugar ficou lindo!!! Québec sim... Isto que é vida. Este lugar é 10!!!
 
 
DEZEMBRO, 12
Ontem à noite voltou a nevar. Que encanto! A niveladora voltou a sujar a minha entrada, mas, bem, o que vamos fazer? Eles precisam limpas as ruas e estradas. E a gente tem que limpas a entrada da nossa casa. Nossa! Esfriou bem. Que frio aqui fora! Bem, de todas as maneiras, esta é a vida que eu pedi a Deus...

DEZEMBRO, 19
Ontem à noite nevou de novo! Não consegui limpar a entrada por completo, porque, antes que eu acabasse, a niveladora passou e jogou toda aquela neve na minha casa. Hoje tive que faltar trabalho porque peguei gripe de tanto ficar lá fora na neve. Já estou cansado de ficar passando pá na neve. Que merda! Esta porra de niveladora tá passando de novo lá fora.

DEZEMBRO, 22
Ontem à noite voltou a cair sabe o quê??? Neve... de novo! Melhor dizendo... merda branca. Estou com as mãos em carne viva de tanto calo por causa da porra da pá. Estou achando que o cara da niveladora está de sacanagem comigo. Ele fica vigiando e espera eu acabar de tirar a neve com a pá para passar de novo. Tá nevando novamente... Vai nevar assim na p.q.p. ... Que saco de vida...

DEZEMBRO, 25
Feliz Natal pra vocês... Eu tô triste pra caramba. Não pára mais de cair esta merda branca. Viado!!! Se eu pego aquele filho da p... que dirige a niveladora, juro que eu mato o maldito. Não entendo por que não espalham mais sal nas ruas para derreter mais rápido este gelo de merda. Este mês foi um c... pra mim...

DEZEMBRO, 27
Ontem à noite ainda caiu mais dessa merda branca. Já são 3 dias que não saio de casa. Nada mais faço senão passar pá na neve depois que passa a bosta da niveladora. Não posso ir a lugar nenhum, já que o meu carro está enterrado debaixo de uma montanha de merda branca. O noticiário disse que esta noite vai cair umas 10 polegadas a mais de neve. Não posso acreditar como alguém consegue ser feliz nesta bosta de lugar...

DEZEMBRO, 28

O idiota do noticiário se equivocou outra vez. Não foram 10 polegadas de neve... caíram 34 polegadas a mais dessa merda! Vai tomar no c...! Seguindo assim, a neve não derreterá nem no verão. Agora resulta que a niveladora quebrou perto daqui e o filho da p... do motorista veio me pedir uma pá. Que descarado! Disse-lhe que já tinha quebrado 6 pás limpando a merda que ele havia deixado diariamente. Assim, quebrei a pá na cabeça daquele imbecil. Que bosta! Que saco, caraca!

JANEIRO, 4
Finalmente, hoje pude sair de casa. Fui buscar comida e um cervo de merda se meteu diante o carro e o atropelei. Caraca! O conserto do carro vai me sair uns 3 mil dólares. Estes animais de merda deveriam ser envenenados. Quisera os caçadores tivessem acabado com eles o ano passado. A temporada de caça deveria durar o ano inteiro!

MARÇO,25
Mês passado escorreguei no gelo que ainda havia nesta p... cidade e quebrei uma perna. Ontem à noite sonhei estar sob uma palmeira. Num agüento mais. Quando tiraram o gessom levei o carro ao mecânico. Ele disse que o assoalho estava todo enferrujado por baixo, por culpa do sal de merda que jogaram nas ruas. Será que esses cornos não tem outra forma de derreter o gelo?

MAIO, 20
Finalmente, chegou o mês de maio... Mudei-me outra vez para São Paulo! Isto sim que é vida! Que delícia! Calor, umidade, tráfego, violência, poluição e falta de educação. A verdade é que qualquer um que imagine morar naquela Québec de merda tão solitária e fria é um retardado ou deve estar louco! Isto sim é que é vida!

1 de fevereiro de 2011

E 2010, como foi?

Bão demais!

Avaliação um pouco atrasada, mas continua valendo!

Posso dizer que, apesar de muito cansaço e estresse, o resultado foi amplamente positivo. Após a tomada da decisão em Maio de 2010, os planos começaram a ser definidos, estudos iniciados, conhecemos pessoas muito interessantes nesse meio tempo.

Comparando Maio de 2010 com Janeiro de 2011 (período de 9 meses), temos:
- Antes: Nenhum dos dois sabiam nada de francês; Depois: Ele já fechou 3 semestres da AF (184 horas), ela já fechou 2 (124 horas);
- Antes: Os dois já tinham um inglês razoável; Depois: Ele voltou para as aulas de inglês com bom feedback dos avanços e já possui boa fluência, e ela pretende voltar em breve;
- Antes: Ele tinha planos de certificações profissionais e melhora profissional, ela estava estudando e fazendo estágio voluntário; Depois: Ele tirou 5 certificações, conseguiu melhora profissional na mesma empresa e de quebra começou a pós-graduação que nem era esperada pro ano em questão, ela tornou-se funcionária pública federal (valerá muito já pensando na imigração!), continua com o estágio voluntário na sua área e avança firme e forte em sua graduação;
- Antes: Nenhum dos dois conheciam nada sobre o processo; Depois: Hoje temos conhecimento dos riscos e possibilidades, e como passar de forma tranquila por todas as fases (pré imigração) e estamos em pleno acompanhamento e estudos de situações pós imigração e nos preparando pra isso;

Estas foram apenas algumas entre muitas outras metas e conquistas pessoais nas quais obtivemos durante todo o ano de 2010 voltadas à emigração. Acho que o saldo desse ano foi bem além das espectativas, e esperamos manter o saldo positivo neste ano de 2011.

Nossos planos até o ato de imigrar propriamente dito não são tão audaciosos. Na verdade são planos bem tranquilos e contingenciais, que nos darão mais conforto e possibilidades de enfrentar as dificuldades dos 2 primeiros anos de Canadá da melhor forma possível.

Algumas metas para este ano já foram definidas previamente, outras ainda estão por definir. O fato é que este ano, as conquistas serão ainda mais importantes e decisivas para que possamos enviar nosso dossiê em Dezembro com todos os planejamentos e metas alcançadas, ou pelo menos o mínimo necessário.

Vai demorar para irmos? Vai, mas tudo tem seu tempo, e não há arrependimentos na escolha, que no nosso caso, será a que consideramos mais correta.

Será ainda mais motivador quando tivermos o débito no cartão de crédito, com o início do processo, mas isso ainda tem que esperar! :)

Abraços!

Gadget

Este conteúdo ainda não está disponível por conexões criptografadas.

Gadget

Este conteúdo ainda não está disponível por conexões criptografadas.

Gadget

Este conteúdo ainda não está disponível por conexões criptografadas.