22 de novembro de 2011

Visto de Turismo: Dizer ou não dizer sobre a imigração?

Olá pessoal,
Hoje vou falar sobre uma pergunta na qual tenho recebido muito recorrentemente após ter tirado o visto de turismo:
"Devo informar ao consulado canadense que pretendo imigrar para Québec, e que farei uma viagem de reconhecimento?"
Bem... É louvável pensarmos de forma bastante sincera e honesta. Eu pensei em fazer isto, mas devemos considerar 2 situações.

Ainda não enviei meu dossiê, quero conhecer o Canadá primeiro

Há algo no qual o consulado canadense pede, até com mais rigor do que o consulado americano: comprovação de vínculos e provas de que você irá voltar e não irá permanecer como um imigrante legal no país. Por mais que você comprove, com todas as documentações do mundo, que você possui pretensões de voltar, o que afinal iria te segurar aqui se você informasse à eles que quer imigrar?

Há muitos casos de pessoas com vidas estáveis, e que metem as caras na imigração ilegal. Por que você não seria uma dessas pessoas?

É difícil argumentar com números, e mais difícil ainda comprovar sua boa fé neste caso.

Então, EU não diria que pretendo imigrar, mas sim que farei uma viagem à fins de turismo ou estudo (o que de fato será).

Já enviei meu dossiê, e estou com o processo de imigração aberto

Bom, neste caso, a decisão é bastante simples. Vale sim à pena informar que você quer realizar uma viagem para conhecer o país, e as cidades na qual pretende se instalar após a imigração.

Agora veja por este lado. Você já enviou uma documentação completa para imigração, seu processo já está aberto. Qual a necessidade de fazer a pequena grande besteira de se enfiar num problema de ilegalidade como imigrante?

Para os que não sabem, qualquer tentativa de imigração ilegal para o Canadá veta, para sempre, o direito de entrar com um processo de imigração, ou visto de qualquer que seja o tipo.

Você está disposto à perder este direito? Tenho certeza absoluta que não.

Sem me estender muito...

Espero que novamente compreendam e não me levem à mal. Não estou dizendo para mentir para o consulado, mas certos tipos de informações, por mais que tenhamos completa boa fé, não irão nos ajudar a obter o visto de turismo.
E por último, é importante dizer que tudo dito aqui é única e simplesmente minha opinião. Não trabalho no consulado, não conheço quem trabalhe, e não sei como é o processo de avaliação destas situações por eles. Aqui deixei apenas alguns pontos para refletir na sua tomada de decisão.

É isso por hoje.

Abraços, e até a próxima.

7 comentários:

  1. Bom post, cara. Tenho pensado justamente nisso, pois quero ir ao Canadá em maio do ano que vem. O único "risco" que vejo ao informar sobre o processo de imigração, para quem já mandou o dossiê, é o agente consular achar que você está indo já para se estabelecer e dar continuidade ao processo de lá. Não sei até que ponto isso realmente tem peso, daí a importância de comprovar tudo mesmo!

    Abraço!
    Doug
    http://jornadaparaonorte.blogspot.com

    ResponderExcluir
  2. Não há necessidade nenhuma de mentir! Eu tirei visto de turismo no ano passado, no formulário pergunta se já aplicou para imigrante no Canadá e nós respondemos que "sim, aplicamos e que estamos com o processo sendo analisado pelo Consulado" .
    E olhe que nem tiramos o visto em São Paulo, tiramos na Embaixada do Canadá em Washington D.C., onde tudo é mto rápido e eficiente mas em compensação as questões de segurança são muito mais exigentes.
    Não haverá problema nenhum, vc vai ver. Basta vc escrever a verdade.
    O visto será válido por um ano.
    Nós vamos tirar outro visto de turista daqui a alguns meses, caso o nosso PR não saia até lá.
    Sempre q possível fazemos umas viagens de "prospecção" ao Canadá para saber os lugares q combinam mais com o nosso jeito de viver...
    Boa sorte p/ vcs!
    Abs da Dupla

    ResponderExcluir
  3. Filipe, boa noite. Esse é um assunto onde tenho uma pequena dúvida. Quanto tempo antes da sua viagem vc tirou o seu visto? Da para tirar meses antes ou tem que tirar bem perto da viagem? Agradeço a atenção. Abs

    LuFe

    ResponderExcluir
  4. Basta falar a verdade mas sem escancarar tudo. Responda apenas o que perguntarem. Acho que assim é o melhor jeito.

    E a vida segue...

    ResponderExcluir
  5. Não entendi completamente a dúvida das pessoas. Fui ao Canadá em 2010, para estudar francês e, claro, conhecer o país. O pedido de visto não teve qualquer tipo de entrevista, e os formulários não faziam menção ao desejo ou não de imigrar. Em quem momento as pessoas acham que devem considerar falar ou não sobre isso? Outras pessoas que conheço e que já foram ao Canadá com visto de turismo contam o mesmo: o processo resume-se a preencher formulários, enviar para o consulado, pagar as taxas e aguardar a emissão, não há contato pessoal, como no caso do visto para os EUA.
    Independente disso, caso haja o questionamento, acredito que a sinceridade deve prevalecer. Conte a história correta - que está indo para conhecer o país ou estudar, e que pretende imigrar. Vá mais longe e dê sinais de que conhece todo o processo, de que sabe que ter visitado o país conta pontos na entrevista com o Escritório do Quebec, dê sinais da sua sinceridade ao querer um visto para entrar no país e depois voltar para fazer o processo como deve ser feito.
    Pode parecer ingenuidade, mas no mês que passei lá - e baseando também em diversas histórias de outros turistas e imigrantes - pude perceber que nós, brasileiros, somos mal acostumados a achar que todos estão mentindo até que se prove o contrário. Lá acontece o inverso, as pessoas acreditam que você diz a verdade - tanto que não existe lá a figura absurda do cartório para reconhecer assinatura, não existe necessidade de fiador para aluguel - muitas vezes, nem contrato tem.
    Aproveite a oportunidade de ir para lá, e de querer imigrar, para começar a mudar o seu pensamento brasileiro, e seja sincero como deve ser.

    ResponderExcluir
  6. @Doug, de fato há muita gente que tira vistos (principalmente de estudos e work permit para esperar o processo por lá. Este caso em especial, é o segundo que falei. Onde você já está no processo, então não há problema.

    @Dupla Canadense, exato. Não há mesmo a necessidade de mentir. Só transmiti a idéia de que, talvez não seja necessário mencionar a imigração para tirar um simples visto de turismo caso não tenha enviado ainda o dossiê. Estranho essa questão do visto de vocês ter durado um ano. Foi o de entrada única? Tiramos o de entradas múltiplas, e ele dura até o fim do passaporte.

    @Studio Nouvel, eu tentei tirar o visto com uma boa antecedência (quase 1 ano antes) para não ter problema. Muito embora, o despachante no qual enviou meus documentos, informou que o consulado só aceita no máximo 6 meses antes. Por isso aguardamos até Agosto/Setembro para enviarmos os documentos, e recebemos o visto 1 mês após.

    @César, creio que é por aí mesmo. Afinal, sua viagem é de fato à turismo/estudos afinal de contas. Independente da imigração.

    @Tiago, algumas pessoas consideram que, se informarem no pedido de turismo que estão indo para o Canadá em uma viagem de reconhecimento, eles serão beneficiados para obter o visto. Se beneficia eu não sei, mas é justamente as duas opções possíveis que considerei neste artigo. De fato concordo com essa questão da sinceridade e honestidade canadense, mas infelizmente, isto não é nossa realidade no Brasil. Não é mesmo?

    ResponderExcluir
  7. Olá!
    Gostaria de entrar em contato com vocês.
    Mas não achei e-mail ou algo do tipo no site...
    Poderiam me mandar um email, só para que eu pegue o email/contato de vocês?
    Meu email é luisarbezerra@hotmail.com
    Aguardo ansiosa o email!!!

    Luísa Ribeiro Bezerra

    ResponderExcluir

Obrigado por me acompanhar! :)

Gadget

Este conteúdo ainda não está disponível por conexões criptografadas.

Gadget

Este conteúdo ainda não está disponível por conexões criptografadas.

Gadget

Este conteúdo ainda não está disponível por conexões criptografadas.